8 de out de 2009

mais um para o dé

me tira daqui
me rouba
me esconde
me leva de toda essa loucura
e desse mundo que não é o meu
apaga todo o caos, a falsidade, a mentira
a moralidade de quem se esconde atrás de máscaras
não quero ouvir mais nada
tampa meus ouvidos com seus beijos
me lembra que eu sou sua e que só o seu mundo é o meu

me subtraia desse planeta
não quero saber mais de tão pouco
quero parar de respirar superficialmente
não me deixa me perder nesse mar de futilidades
me arrasta para as profundezas
me prende em suas guelras de amor
engole minha boca com seus beijos
me lembra que eu sou sua e que só o seu mundo é o meu

me cobre com a sua transparência
me envolve em seu abraço
e me embrulha em seus cobertores de vida
me embala nas canções das suas palavras
me deixa sentir a sua história que é minha também
não quero mais sentir nada
não me deixa sentir mais nada
me lembra que eu sou sua e que só o seu mundo é o meu

Nenhum comentário: