29 de out de 2008

tamo ficando velho

sabe qdo a gente sabe q tá ficando velho?

qdo sabe o q c.i.d. quer dizer
e, pior q isso, começa procurar os cid dos atestados médicos no google pra descobrir o q tem

acabei d descobrir os meus:

C.I.D. E06.3 - síndrome da tireóide auto-imune
C.I.D. F41.0 - transtorno de pânico
C.I.D. M65.8 - outras sinovites e tenossinovites

esse último aí vai me deixar d molho em casa pelos próximos 8 dias
braço esquerdo na tala, até o meio do bíceps
sem trabalho
ok
mas sem bebida, sem academia e sem piscina já é demais!
como vou equilibrar o copo de vodka e o marlboro light assim?

em tempo: hj vou no ginecologista, talvez ainda volte de lá com mais um cid pra minha coleção

moral da história: quem procura, acha!

22 de out de 2008

fazendo um som


faça vc tb, o seu próprio disco aqui!

13 de out de 2008

tamo crescendo

sabe qdo a gente percebe q tá ficando velho?

qdo as nossas amigas de infância, aquelas q a gente conhece desde q tinha 5, 6 anos, começam a provar pra gente q cresceram...

...a primeira de nós casou...



...a primeira de nós está grávida...

...e eu continuo equilibrando o copo de vodka numa mão e o marlboro light na outra...



7 de out de 2008

momento auto-estima

pronto, passou
foi só um momento de baixa auto-estima
eu sei bem pq esse blógue existe: ele existe pra eu falar comigo

mais nada
nunca pedi pra ninguém entrar, ler, comentar
por mto tempo, ele foi só meu
e foi o melhor tempo q ele existiu
pq eu via uma coisa e corria pra frente do computador pra escrever antes d esquecer
mas agora, passou
me dá uma preguiça enorme
e eu esqueço as coisas q queria escrever
pq não posso ser despretensiosa
tenho q pensar: "tem gente lendo aki. preciso provar pra eles q sei escrever. só pq eu fiz letras e li um monte d livros e ouvi um monte d músicas e conheci um monte d gente. se eu fosse analfabeta, só precisava saber apertar umas letras. mas eu sei ler e escrever e preciso provar q sei fazer isso bem"
aí, fico com preguiça
não escrevo
ou, qdo escrevo, fica a merda q eu não queria q ficasse
mas dane-se
não preciso vir aki e provar pra ninguém q eu sei quem foram "paul verlaine e baudelaire" e "por fim Jacques Lacan" e pior, q consigo colocá-los numa mesma frase e montar um textinho cheio de frases de efeito q sirva pra comentar no blog de qq pessoa, não importa o q quer q ela tenha escrito
não importa
importa quem eu sou
importa o q eu gosto e o q eu penso
importa q eu sou confusa e frustrada e sem limites
não importa q eu faça aos 24 anos coisas q as pessoas "normais" faziam aos 14, 17 anos
talvez pq aos 14, 17 anos, eu fizesse coisas mto mais maduras, como entrar na universidade e conseguir um emprego público
não sei pra q, não sei pq, mas era isso q eu tava fazendo
e parece q "deu certo"
não sei pra quem, não sei por qto tempo, mas deu certo
e outra: se eu ligasse pro q os outros pensam sobre mim, já teria pintado o cabelo de loiro, emagrecido 30 kg, colocado silicone e ido dançar no caldeirão do huck

pra ser sincera, de q adianta um texto lindo, rebuscado, cheio de frases de efeito e referências intelctualóides se ninguém consegue ler até o fim?

prefiro besteiras despretensiosas como essa, q t fazem querer mais e mais...
me recuso a postar de novo
não sei pq esse blógue existe
pq ele tá aqui
pq eu escrevo umas besteiras nele
pq minha vida é chata
e pq não tenho nada pra falar
quem quiser ler algo decente, leia o comentário que o sérgio luiz (acho q é isso) deixou na postagem "i love 90's"
that's all, folks!